Buscar
  • Elaine Weingartner

Política de Viagens – Garantindo Transparência e Proteção para a Empresa e Colaboradores


Ter uma Política de Viagens detalhada, ajustada às necessidades da empresa e com regras e objetivos claros, além de passar uma imagem de organização e profissionalismo da empresa, facilita a vida de fornecedores, gestores e dos próprios usuários.

Em linhas gerais, este documento contém as diretrizes que devem ser respeitadas por aqueles que estiverem em trabalho externo, sejam empregados, terceiros, prestadores de serviços ou consultores. É um documento oficial da empresa que definirá, entre outras coisas, a forma como a viagem deve ser solicitada, quais os limites de valores contratados, o que pode ser reembolsado e de que forma, quais os fornecedores que poderão ser utilizados e em quais condições.

A Política de Viagens não se resume apenas a preocupações financeiras, na prática, ela também deve incluir regras de boa conduta para os viajantes, além de normas para a contratação de determinados produtos e fornecedores, visando sempre o bem-estar e segurança de todos.

Transparência, ética e compliance são assuntos atuais e valores essenciais para conseguir bons resultados, por isso, é fundamental que esse documento seja elaborado, aplicado e praticado por todos, sem distinção, sempre com bom senso e discernimento, lembrando que é muito comum aparecerem pedidos de exceção a algumas regras pré-estabelecidas, as quais devem ser avaliadas e autorizadas ou negadas com muito critério.

A Política de Viagens também deve ser atualizada sempre que necessário, pois falamos de um mercado muito dinâmico, onde novos serviços e novas tecnologias são lançados constantemente e o documento tem que ser uma ferramenta de melhoria de processos e nunca de engessamento.

6 visualizações

© 2019 Lanton Consultoria e Gestão

  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon

Orgulhosamente criado com Wix.com